Site de Poesias

Menu

Idos


Tenho saudade da criança que um dia fui,
de ter no céu uma extensão do meu quintal,
brincando na terra e no alto:  tudo era quintal.
Saudade das árvores minhas escadas,
das frutas crescendo, " essa tá verde",
Brincar na rua de liberdade,
Até da hora do banho,
E de Voar na “raia” meu avião....
Saudade de não ter nunca beijado,
De acreditar no amor eterno e em amor...
Cadê a chuva fria da enxurrada ?
Tenho saudade de ser menino,
De ter pai e mãe heróis....
Chorar por besteira sem parecer besta,
Chegar da escola e brincar,
Da escola tenho saudade.
Saudade de ser feliz.

Compartilhar
olisomar
10/09/2014