Site de Poesias

Menu

Em desesperança

 E quando você descobre que está só ...
quando o momento do sonho futuro passou,
quando viu que seu futuro não chegará.

Sente seu peito amargar num grito de vento ...
vê a escada descer sempre, não vê os degraus,
não vê o fim, só o inútil descambar até um fim.

O que adianta tanta dor...
pra que serve tanto buscar se nada encontrou,
e agora você percebe que nem andou errado, cambaleou somente.

Mas o tempo passou, não há mais tempo...
o amor que você magoou lá distante está cortando agora,
sua família e você não são mais, seu riso é falso.

E quando você descobre que está só ...

Compartilhar
olisomar
04/09/2014