Site de Poesias

Menu

Canto das Perdizes

À sombra de uma árvore

quero me abrigar

sob asas de pássaros

e pousar de leve

meus pés na lama

sob a luz das estrelas.

 

E quero ouvir

no útero da terra

o rumor surdo

que clama o nascer

de novas raízes.

 

O charco, o tambor,

a lama. o barro

onde só o olho azul do sol

pode antever

como se faz o raiar do amanhecer

no canto das perdizes.

 

 

 


 

 
 

 


 

Compartilhar
Mirzem
03/09/2014