Site de Poesias

Menu

Misterioso Espelho

Num espelho, duas faces

A que voce se vê

e a que ve você.

 

Olhei-me no espelho e não me vi

era outra a imagem que aparecia.

A ótica tem seus mistérios;

inexatos improperios,

magia e ilusão.

 

Há ainda um sorriso,

a marca de um beijo.

E ofuscadas

há duas faces:

uma eu enxergo e almejo,

a outra, não vejo:

só aparece no beijo.

 

?

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Mirzem
01/09/2014