Ouvir-te

Ouço-te ao longe
Ouço-te alegre
Pois cantas, encanta.
Suave e breve.
 
Ouço-te ao longe
Canoro sussurro
Enaltecendo o sol
Invadindo os muros.
 
Ouço-te ao longe
Ouço-te convidativo
A bendizer o dia
Qualquer que seja o motivo
 
Ouço-te ao longe
No seu canto há pureza
Traz paz a Minh ‘alma
Acalanto, beleza.
 
Ouço-te ao longe
Indefeso passarinho
Criatura esplêndida
Que torna o mundo  seu ninho.
 
 

Neucelia Felix
© Todos os direitos reservados