Site de Poesias

Menu

Perdido na solidão

Perdido na solidão


Quando andava pelo mundo,
Perdido na solidão
Um sentimento profundo,
Tocou o meu coração

Foi então que compreendi
A magnitude de Deus
Vi que em sonhos me perdi
Como fazem os ateus.

Ainda a lágrima suspira
Lá, no infinito vazio
Entre a verdade e a mentira
Num tremendo desafio,

Mas se em vós eu confiei
No presente e no futuro
Minhas mágoas... já penei
Não quero mais correr apuro

Dum polo a outro impelido
Mil lamúrias derramei
Meu coração esvaído
Teve paz, quando Te amei!

São Paulo, 23/07/2014
Armando A. C. Garcia
              
Visite meu Blog:
brisadapoesia.blopgspot.com

Compartilhar
ARMANDO A. C. GARCIA
06/08/2014

  • 0 comentários
  • 162 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados