Site de Poesias

Menu

Amo demais as minhas palavras!

Amo demais as minhas palavras!
 
 
O poema ri-me na cara!
Solto-o ao vento da madrugada
e limpo a cara molhada
 
o sonho já foi, acabou
amo demais a minha palavra!
Agora tudo se afogou
nas enxurradas da vida.
 
Morreu, meu amor, tudo morreu
em desejos e queres, dividida
 
e agora tudo acabou
quado o amor levantou asas e voou!
 
Já não me deixas amar
já não me deixas te querer
tudo foi guerra, foi lutar
 
O poema riu-me na cara
e eu calei, por amor de ti
e pelo meu sonhar!
 
Deixa-me esconder,
que minha vida é morrer
por não me quereres acreditar!
 
Deixa o vento te levar
assim como levou o meu viver!
 
10/07/2014

 
 

Compartilhar
Ezequiel Francisco
24/07/2014

  • 0 comentários
  • 314 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados