Site de Poesias

Menu

Labuta

A montanha azulada de tão distante se fazia,
A luz do dia que acabará de nascer de vermelho o céu tingia,
A brisa gelada açoitava a carne cansada da lida que com o dia nascia,
Daqui a pouco o sol impiedoso chegará com sua lança impiedosa,
E assim será mais este dia de labuta e agonia.

Compartilhar
Cesar Garcez
06/06/2014

  • 0 comentários
  • 218 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados