Site de Poesias

Menu

A.....

 Estranhos sem rumo
Buscando sonhos
Acorrentados a nada
Sem saber por que viver
Com grito de revolta preso
Na garganta
Estranhos na vida
Soltos e sem saber como
Viver neste mundo tão
Estranho
Povoado por regras
Nem sempre fácies de seguir
Um canto estranho e forte
Um amor sem nome em noite
Fria
Solitários
Loucos por uma razão que lhes
Mostre o por que da vida
Tão rotineira e na maioria das vezes
Boba
E algumas vezes fantástica e renovadora
Tudo tão contraditório
As vezes amar é tão complicado
Nem sempre seu coração vai ter
Razão
As vezes a razão vai enganar o coração
Em alguns momentos  basta colo....

Compartilhar
Wagner
04/06/2014

  • 0 comentários
  • 39 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados