O voo do amor

Acordei com uma vontade
De te dizer quem eu sou:
Sou o sol que nasce com o dia,
Sou a lua que chega com o por do sol,
Sou as estrelas que guiam teu caminho,
Sou o cantar dos passarinhos,
Sou o terminal do farol.

Eu pedi para o vento que levasse
Os sonhos que eu sonhei,
E mostrar a ti querido
O grande amor que te dei.

O vento voltou a mim
Dizendo que recusaste
O grande amor que te dei
E me mandaste um recado:

Querida seu amor não mereço
Pois um dia te fiz sofrer
Dizendo que amava outro alguém e não você,
Sendo que a verdade era outra
Amo apenas você!
O vento olhou para mim
Com um sussurro falou:
- ele deu o ultimo suspiro e
com o vento voou.

Neste momento pensei
que outro alguém eu seria
porem o vento soprou-me
não sofra minha querida
ele morreu pra salvar-te
do que o amor pretendia
seria o fim mais trágico digno de calmaria.

Eu perplexa chorava
Sem saber o que dizer.
O vento disse :
Amada, morreu amando você!!!

Roberta Pardoh
© Todos os direitos reservados