Site de Poesias

Menu

075 VAI EMBORA

[Ilustração não carregada]

 Vai embora 
sonhos são feitos pra ser desfeitos 
As pessoas sempre me disseram "tenha cuidado com o que você faz
Então aceite meu grande conselho
lembre-se sempre de pensar duas vezes

E tome cuidado com o que faz pois a mentira se torna verdade
Parece ir para lugar nenhum Às vezes eu sinto que tenho que
Fugir do O amor Este amor manchado que você tem me dado
Que conheci no caminho de são João de Meriti quando você estava sozinha 
disse que não tinha um homem 
Criava seus filhos do melhor jeito que podia 
Disse que, em sua casa, não tinha telefone nem luz e agua era do poço
Você sorriu e olhou para mim me disse que estava sozinha
Eu me surpreendi por ver que uma mulher linda Realmente
estava me querendo Eu Realmente pediu uma chance 
Ela achava que me amava era divertido na rua quando ela me em contrava
Pois ela já tinha uma família, família na casa dela Ela disse que nunca ia acabar
Com o romance mais Ela tentou viver uma vida dupla
Enquanto eu estava em casa , as crianças estava em casa
Enquanto eu estava no trabalho, as crianças estava na escola
Ela disse que nunca ia acabar
Tentou me segurar o máximo que podia
Pois ela tinha uma família, família0
Eu me surpreendi por ver que uma mulher 
Pareceu tão real para mim Ela me disse que estava sozinha
Disse que, em sua casa, não tinha telefone pediu uma chance
Ela mentiu para mim com seu amor o seu carinho asua atenção era apenas uma noite, pordia era o seu plano
Pensei que ela me amava, o seu amor apenas uma noite por dia , era o seu plano
Quando amor maior dela era o seus filhos que ela tanto amava ela tinha uma família seu filhos que também passo ser meu filhos tambem
autor moises da vitória ribeiro

Compartilhar
MOISES DA VITORIA RIBEIRO
14/05/2014