Site de Poesias

Menu

SEMENTE DO AMOR

 MAIS UM DIA QUE SE FINDA.
OUTRO DIA, LOGO VEM.
É DEVER, DO SER HUMANO;
AO PAI, PEDIR AMÉM.
 
O HOMEM, MUITO PEDE.
É INGRATO, POR NATUREZA.
MAS QUANDO, A DOR AUMENTA.
A DEUS, CLAMA COM CERTEZA.
 
ESSE BONDOSO DEUS;
SEUS FILHOS, NÃO DESAMPARA.
ABRAÇO NOSSO CORPO.
NUTRINDO-NOS, DE FÉ E AMOR.
EM SEU COLO, NOS AMPARA.
 
 
DEUS, EM NÓS CONFIA.
DANDO-NOS,UM PARAÍSO, CHAMADO TERRA.
QUEM PLANTA PAZ, COLHE AMOR.
QUEM PLANTA ÓDIO;
COLHE A GUERRA.
 
OBRIGADO, MEU SENHOR...
POR ABRIGAR, EM MEU SER.
BONDADE E CARIDADE;
E A SEMENTE, DO AMOR.

Compartilhar
Adilson Tinoco
12/05/2014

  • 0 comentários
  • 24 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados