Site de Poesias

Menu

De amor... a noite se vestia!

 De amor... a noite se vestia!
 
Lá fora, na noite,
Por entre as nuvens,
A lua luzia.
Eu, na cama,
Não adormecia!
Era a primeira vez
Que tal acontecia!
Perdido na luz
Que de ti me sorria
De amor por ti
E de saudade
Eu morria.
E era a primeira vez
Que tal me acontecia...!
 
Quebrado de corpo
E de alma vazia,
Chorando sangue
E o sêmem da vida
Que em mim fervia!
Era a primeira vez
Que tal me acontecia...
E isso bradava aos céus
Pois não te conhecia!
Era somente tua alma
Que eu reconhecia...
Era tua a alma gémea
Que em mim crescia...

E eu sonhava...sonhava
Que de azul e rosa
A noite se vestia
Pedindo à luz
Que no céu luzia
Em ti deixasse
Este beijo de amor
E fizesse desta noite
Uma noite de magia!

Compartilhar
Ezequiel Francisco
12/05/2014

  • 0 comentários
  • 195 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados