Site de Poesias

Menu

soneto da paixão

De repente, um brilho no olhar.

Um homem por uma mulher se apaixona.

O mundo ao seu redor é esquecido,

Um grande amor parece vir à tona...

 

Cobertos pela lua

O amor de dois amantes,

Se amando em plena rua

Ja não eram dois ficantes...

 

Um romance ali começa,

os dois se amando sem ter pressa,

é o fim da solidão;

 

Um casal de namorados,

Pelo cupido recém-flechados

Formando um só coração.

Compartilhar
Marlon Bosio
01/05/2014

  • 1 comentário
  • 45 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados