Espelhos

Espelhos

A cada dia os corações se tornam mais duros
E os seres humanos menos humanos
Sorrindo apenas a si mesmo diante do espelho
Enquanto este espelho não se quebra
Se tornando assim em milhares de pequenos pedaços
E cada um destes pequenos pedaços refletindo um pedaço deste sorriso
Revelando uma vida de momentos
Intercalada sempre entre risos e lágrimas
Uma lágrima e um triste sorriso
Uma vida contada pedaço a pedaço
Onde cada pedaço do espelho conta sobre um riso
E cada espaço entre estes tantos pedaços falam sobre as lágrimas
Lágrimas de um ser humano que a cada dia se torna menos humano
E dono de um coração cada vez mais duro
Incapaz de estender as mãos ao próximo para o ajudar
Incapaz de estender as mãos ao próximo e pedir ajuda
Ajuda a um coração que a cada dia se torna menos humano
Indiferente às dores que consomem um mundo sofrido
Mesmo mundo que também já não se comove mais
Com tantas vidas destruídas e tantos sorrisos despedaçados