Site de Poesias

Menu

Sobem-me canções à vida!

 SOBEM-ME CANÇÕES À VIDA!
 
Os verdes ramos
Estendem-se frondosos
Sobre minha velhice
Que passa formosa
Bela e radiosa
Impante e orgulhosa!
Pelos anos vividos
É demasiado comprida,
Mas ainda assim apetecida!
Invernos aquecidos
No fogo brando do meu sonhar!
Vida que valeu a pena?
Sim, tudo vale a pena
Quando a apoteose não é pequena!
Foram sonhos,
Foram razões,
Pensamentos risonhos!
E sempre que passo
O tronco em flor
Estende seus ramos
Á minha velhice
Quando passa
Pelos vales da vida!

Compartilhar
Ezequiel Francisco
04/04/2014

  • 4 comentários
  • 175 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados