Destaques

Março de 2009

Dança,bailarina,dança...

Um dia desses, sem querer, achei essa poesia em um blog, com autoria devida, e recordei-me de que a poetisa Carmen Lúcia é realmente sensível e especial, suas poesias são lindas! A gente viaja e baila junto nessa quimera: "Dança, bailarina, dança...". Ela soube unir as duas artes: a dança e a poesia.

Gira,bailarina,gira...
Vai girando e semeando amor,
Mais depressa que as voltas do mundo,
Pra que haja tempo de matar a dor!

* Ondas dentro de mim *

Úrsula Avner, uma exímia poetisa dotada de grandes predicados, translada para esse texto, com sublime habilidade, a interpretação dos sentimentos, numa linguagem poética única, própria de sua força criadora. Nesse vasto universo das palavras, vem novamente nos emocionar com "Ondas dentro de mim". Recomendo a leitura.

Amei, com a delicadeza de quem segura nas mãos
uma bolha de sabão
com o cuidado de quem tece fios de seda,
acalentei a própria vida

Palavras paradas

Bruno Dias, um poeta obsevador e sensível, empresta essas qualidades para a poesia "PALAVRAS PARADAS", numa narrativa livre e aberta, onde encontramos além de seu talento, uma força profunda. Recomendo essa esplêndida poesia. Boa leitura!

Palavras nada são sem ações,
Pássaros sem asas...
São peitos vazios de corações,
Águas estagnadas...