Site de Poesias

Menu

Raul Schwab Neto

Não fiquei por um triz.
Sempre fui.
Não passei pela vida de raspão.
Estive sempre furacão, redemoinho,
Nunca ventinho, brisa mansa...

Amei assim.
Vivi assim.
(.............)
Intenso poema de erros e acertos;
Essa vida minha.

  • "A poesia me dá asas..."

Poesias de Raul Schwab Neto

Título Data Com. Vis.
Visões 01/12/2005 0 331
Silêncio 04/11/2005 1 71
CICLO 04/11/2005 1 67
Sexo Esferográfico 04/11/2005 0 83
Molequinha 04/11/2005 0 75
A moça na rua 04/11/2005 0 52
Quando os dias ficaram mais azuis 04/11/2005 0 47
DEUSES DE NÓS 04/11/2005 0 56