Site de Poesias


Mardilê Friedrich Fabre

Mardilê Friedrich Fabre

Nasci em Cachoeira do Sul, RS, mas vivo em São Leopoldo, RS. Formada em Letras, professora de Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Redação, lecionei em escolas públicas e particulares, do Ensino Fundamental ao Ensino Superior. Atualmente, exerço a profissão de revisora de textos e dedico-me ao voluntariado. Escrever provavelmente é o resultado do trabalho com as palavras e da leitura a que me dediquei desde tenra idade.

 

Leia-me também em:

 

http://www.fremitosdaalma.blogspot.com/

 

http://www.mardilefriedrichfabre.prosaeverso.net

 

Quem sou? 

 

 

 

Sou a ave que voa no sonho,

 

Sou o vento que canta risonho,

 

Sou o riacho que renova a alegria,

 

Sou o sol que nasce cada dia,

 

Sou a lua que prateia as flores,

 

Sou a noite que oculta os amores,

 

Sou a estrela que orienta o navegante,

 

Sou o mar que de mistérios é exorbitante,

 

Sou a poesia que enuncia magia,

 

Sou o sorriso que a face contagia,

 

Sou o amor que aquece o coração,

 

Sou a lágrima que cai por um mundo cão,

 

Sou o erro que quer acertar,

 

Sou a melodia que a emoção vem acalentar,

 

Sou o tempo que carrega a vida,

 

Sou o infinito que desafia a partida.

 

 

 

Mardilê Friedrich Fabre 

 

 

  • "Sempre que olho para o céu cheio de estrelas, sonho com um mundo impulsionado pela bondade, pela solidariedade e pelo amor."
  • Fale com o Poeta

Poesias de Mardilê Friedrich Fabre

Título Data Com. Vis.
Na Noite Calma// Abre-se o Amor// Dormir Sonhando// Mudez 28/01/2015 0 23
Desfalecida// A Tarde Dorme// Noturnamente// Enluarada Placidez 28/01/2015 0 --
Segunda-Feira// Viajando pelo Tempo// Tudo de Novo// Preguiçosamente 28/01/2015 0 --
Maré Baixa// Ardentes Suplícios// Ondas de Suspiros// Praia Serena 26/01/2015 0 --
Sigilo// Repouso// Enlevo// Confidência 26/01/2015 0 --
Calvário// Martírios// Desabafo Poético// Catarse 26/01/2015 0 --
Preciosos// Atrativos Adolescenetes// Mágica// Vida 25/01/2015 0 13
O Eco// Sibilante// Vos do Amor// lacuna Existencial 25/01/2015 0 --
Centelha// Serenata// Hora Esperada// Teclas Vibrantes 25/01/2015 0 10
Cadeira vazia 26/06/2014 2 191
Aldravia 1 26/06/2014 0 70
Notas 26/06/2014 0 33
A rosa e o cravo 26/06/2014 0 77
Saudade 26/06/2014 0 44
Não desisti de mim 04/04/2013 5 998
Afasia 24/03/2013 2 364
Coisas do Coração 03/03/2013 0 696
Feliz Natal 22/12/2012 4 280
Profecias 15/12/2012 0 194
O bailado da borboleta 23/11/2012 2 1025