Site de Poesias

Menu

Fernando Paz

Filho do amor de uma artesã e de um médico. Herdeiro do sangue que mistura a arte e o humanismo. No silêncio da timidez, falei escrevendo e dividia o que via, desenhando. Quando palavras se tornaram insuficientes para dizer o que sentia, surgiu a música, a verdadeira voz da alma. Todas as artes se encontraram e com elas aprendi que aquilo que mais separamos, se procuram e que os extremos são complementares. Tudo tende ao equilíbrio. É assim que uma música composta vira um desenho, uma poesia é uma melodia que desenha na mente sentimentos e um desenho descreve de forma poética uma realidade ou sonho. E busco neste espaço, dividir um pouco deste mundo interior com cada um que por aqui passar. Desde já, agradeço a atenção e o tempo dedicado, Fernando Paz

Contatos:
site: www.artesembarreira.blogspot.com.br
Arte: artesembarreira.wix.com/templo-das-artes
Música: https://www.youtube.com/watch?v=iNq68xAa8nU

Poesias de Fernando Paz

Título Data Com. Vis.
Consciência 31/03/2015 0 23