Site de Poesias

Menu

Mel.

Sempre mais estranha do que os outros, enquanto algumas meninas queriam rosa, eu queria o vermelho, elas queriam ser bonitas, eu queria me divertir, me machucava mais do que elas, ria mais do que elas, e chorava mais tambem, nunca tiveram o interesse de saber se eu estava bem ou não, eu era só mais uma ali e deu.

Poesias de Mel.

Título Data Com. Vis.
Confissões de Um Coração Quebrado. 24/08/2008 0 198
Esperança? 24/08/2008 0 182