Site de Poesias

Menu

Yarqon

Nasci em 1987, no Sul do país. Sou poeta desde os 18 anos, se é que os poetas têm idade...

Já convivi com muita gente dura e o mundo vai se mostrando pesado a mim. Espero poder suportar o seu peso e viver para ver dias melhores. Quero ser forte como a rocha. Quero aprender a carregar o peso que colocam por cima de mim, porque desejo caminhar.

Creio com toda minha fé: amanhã será melhor. Tenho muito amor para dar, mas também muito medo eu carrego no interior.

Tenho medo de que me aconteça o que já vi acontecer com os outros, que o tempo acabe por me tornar amargo, sem nada a oferecer de bom. Tenho medo de que o peso dos dias me derrube e me destrua.

Que Deus não o permita - e que eu também não; afinal, sou corajoso. O meu medo se resume ao que pode acontecer comigo, não ao que eu posso fazer acontecer. Quando tenho que tomar uma decisão, eu faço o que é preciso e pronto.

No começo parece loucura, mas logo eu vejo que o melhor é partir para a ação.

Poesias de Yarqon

Título Data Com. Vis.
Flores do Sul 23/09/2008 1 178
Entre um Barulho e Outro 20/09/2008 0 102
Borboletas 12/09/2008 1 302
Noite 29/01/2008 3 108
Primavera 24/01/2008 2 115
Histórias 23/01/2008 1 198
A Garça - uma poesia de Attar (1145-1221), poeta persa 22/01/2008 1 313
O meu Sentimento 07/01/2008 2 188
Os três filhos 29/12/2007 2 194
A Todos 30/06/2007 3 256
Minha Resposta 23/06/2007 4 112
Os montes 17/06/2007 3 295
Maio 21/05/2007 2 128
A Casa da Nostalgia 21/05/2007 2 125
Os Pedintes Exigentes 17/05/2007 1 204
Dívidas 16/05/2007 1 162
Cores 15/05/2007 1 140
Fui não-sei-aonde... 14/05/2007 1 179
Caderno 12/05/2007 3 133
Quadras 12/05/2007 1 309