Site de Poesias

Menu

Tatiane Correia Silva (SALVADOR-BA)

 EU

 

 

 
Às vezes sou oceano, 

Sou deserto, 

Às vezes estou distante, 

Outras vezes muito perto;

 

 

 

 

 

 

 
Às vezes sou antídoto, 

Sou veneno, 

Às vezes sou gigante, 

Outras vezes , sou pequeno;

 

 

 

 

 

 

 
Às vezes sou presença, 

Sou saudade, 

Às vezes sou um inteiro, 

Outras vezes, sou metade;

 

 

 

 

 

 

 
Às vezes sou estrela, 

Sou breu, 

Às vezes sou você, 

Outras vezes, sou eu;

 

 

 

 

 

 

 
Às vezes sou sorriso, 

Às vezes lágrima, 

Às vezes sou tudo, 

Outra vezes não sou nada.

 

 

 

 

 

 

 
                                                   Tatiane Correia Silva 

 

 

 

 

 

 

 
Poesia do livro A Chama de Um Desejo.

 

 

 
 

Poesias de Tatiane Correia Silva (SALVADOR-BA)

Título Data Com. Vis.
Mulheres de aço 20/04/2017 0 22
Anjo Bom 11/04/2017 0 26
Me dá um tom 29/03/2017 0 17
Cabrita 19/03/2017 0 28
Correntes 03/03/2017 0 33
A outra 03/03/2017 0 27
Figa de Guiné 10/01/2017 0 29
Roubando Estrelas 10/01/2017 0 18
Minha Flor 10/01/2017 0 12
Vem 21/12/2016 0 25
Bela morena 21/12/2016 0 16
Desenho 21/12/2016 0 13
Tambores no Mercado Iaô 17/12/2016 1 14
Música de Preto 17/12/2016 0 15
FACES 25/09/2016 0 30
GÊMEOS 25/09/2016 0 37
Mantenha distância 06/09/2016 0 39
Viciosa 02/09/2016 0 51
Vadiagem 28/08/2016 0 45
Sem culpa 28/08/2016 0 72