Site de Poesias

Menu
Rodrigo Ferreira Santos

Rodrigo Ferreira Santos

Tente não me descrever, tente me ler. Assim, é mais fácil entender... 

 

Quem descreve julga, quem não lê culpa, quem não interpreta erra na compreensão...

  • "Para a maioria das pessoas o céu é o limite. Para mim, é local de onde eu parto."
  • Fale com o Poeta

Poesias de Rodrigo Ferreira Santos

Título Data Com. Vis.
Vaticano 25/08/2017 1 31
Vestes para minha alma 23/08/2017 1 23
Do ateísmo (pensamento) 29/07/2012 4 393
Ser não sendo... 20/07/2012 2 409
Simples presença... 07/07/2012 1 375
Do tempo... 01/07/2012 1 297
Co-coincidência 25/06/2012 2 831
SONETO DO EGO 17/06/2012 4 298
Poema morto 12/06/2012 1 258
O sonho dos meus sonhos 10/06/2012 1 333
Os boi da cidade grande 06/06/2012 1 185
imPerfeição 04/06/2012 2 221
Vendaval... 25/03/2012 1 427
A evolução do regresso avançado 18/08/2011 1 288
No Limiar da Luz 18/08/2011 1 358
Verso do progresso... 01/12/2010 2 521
Da melancolia e solidão... 28/11/2010 6 787
Tempos... 29/03/2010 4 1217
Mais do que um mero poeta... 16/09/2009 3 913
Amizade e amor me soam gritos de dor! 01/05/2009 6 6005