Site de Poesias


Rivadávia Leite

Rivadávia Leite

Nasceu em 10 de setembro de 1951 no Município de Afonso Cláudio, em um lugar denominado Barra da Infância, interior do Estado do Espírito Santo. Muito cedo, mudou-se para a capital, Vitória... e depois Vila Velha, onde se educou e foi criado. Morou no Rio de Janeiro e ali serviu ao Exército, aos 18 anos. Após, veio, novamente, para Vila Velha, ingressando como funcionário da Cia Vale do Rio Doce, indo morar, desta feita, em algumas cidades do Estado de Minas Gerais. Transferido para Vila Velha, ingressou na Faculdade de Direito, da Universidade Federal do Espírito Santo, onde concluiu o curso de Direito, daí ingressou na Ordem Dos Advogados do Brasil, secção ES, tornando-se um Advogado militante. Desde cedo tornou-se um amante da literatura e da música. Aprendeu tocar violão e deste compôs várias músicas em estilo clássico, perdendo-se no ostracismo da ausência de oportunidade. Foi boêmio, freqüentador assíduo das serenatas do Bairro PAUL. Após haver sido graduado em ciências jurídicas, morre o seu pai, daí, inconformado com a perda do seu melhor amigo, passou a estudar filosofia e outras ciências correlatas, no afã de buscar a razão da perda do seu sempre amigo. E hoje, se escreve versos, tem por razão precípua a sua experiência sofrida, pela sua vida sentimental tumultuada, mas sempre desejoso da informação. Auto-didata em vários assuntos relacionados com o comportamento humano e as razões primeiras do universo como um todo.

  • "Ainda que se agigante os poderes da insensibilidade cultural, não deixarei eu de fazer órbita no mundo que me faz amante da sabedoria e da intelectualidade."
  • Fale com o Poeta

Poesias de Rivadávia Leite

Título Data Com. Vis.
PRETENSA MULHER 18/02/2015 0 62
MORTE DE UM POETA. 10/02/2015 1 36
VERSOS GNÓSTICOS 10/01/2015 1 80
QUERIDA PROFESSORINHA 17/05/2014 1 294
NOTÁVEL MULHER 01/04/2014 0 501
PRATICANTE DE ERMIDAS 10/02/2014 3 211
TEMA DE GIOVANNA 11/01/2014 0 92
CIMÉRIA NEGRIDÃO 13/12/2013 0 92
NOSTÁLGICA MOCIDADE 19/11/2013 1 156
NOITES DE SERENATAS 25/10/2013 1 176
NAMORO NA INFÂNCIA 06/10/2013 0 254
MORTE DE UM POETA 06/10/2013 1 98
MUNDO ABISMAL 16/09/2013 0 136
MEMÓRIA DE UMA PAIXÃO 21/05/2013 1 325
MEMORÁVEL PERDÃO 22/04/2013 4 192
MAJESTOSA PALMEIRA 20/01/2013 2 215
MADRESSILVA 20/10/2012 0 139
LAMENTO DE UM POETA 17/09/2012 2 330
LÁGRIMAS DE AMOR 02/08/2012 1 847
INSENSATAS AMIZADES 08/07/2012 1 244