Site de Poesias

Menu

Murilo Mattar

Tempo, doce tempo. Muitas vezes perdemos a noção dele, e esquecemos de valores preciosos, que antigamente eram de extrema valorização. A literatura é um exemplo. Foi-se perdendo no tempo aos poucos, se desfragmentando. Triste!

Não busco transparecer meus sentimentos ao mundo, mas uma opinião explicativa do globo, pois sensíveis, todos somos, no entanto pouco racionais.

Bom...Me chamo Murilo Mattar, um estudante de 18 anos que teve a ideia de divulgar meus textos. Espero que vocês gostem, e aproveitem ao máximo os textos. Aceito sugestões e comentários nos poemas. Obrigado e boa leitura!

Poesias de Murilo Mattar

Título Data Com. Vis.
Fragmento I 23/10/2016 0 10
O mundo e o sentimento 30/03/2013 0 326
Ser! 28/03/2013 0 247
2012 28/03/2013 0 201
A Tarde 28/03/2013 1 472