Site de Poesias

Menu

maryland faillace

Nasci no outono de 1938. Moro em Santos há tanto tempo que já me esqueci quanto.Minha maior duvida é "quando eu morrer onde
vou pedir para ser jogada minha cinza: No mar ou nas montanhas?" Meus modestos escritos e ainda mais humildes poemas começaram a vir a luz na década de 80.Pondo meu nome no Google entra-se no meu singelo site e encontra-se meu mais recente livro publicado.

  • "Ao ver um esqueleto me pergunto se a alma que lhe pertenceu não seria eu."
  • Fale com o Poeta

Poesias de maryland faillace

Título Data Com. Vis.
SENHOR CARTEIRO... 20/03/2012 6 680
P R E C E 28/02/2012 2 368
V I S I T A 22/02/2012 1 323
Maria, Maria... 20/02/2012 1 352