Site de Poesias

Menu

ISAAC DO ESPIRITO SANTO

Isaac Gonçalves do Espirito Santo, quinto filho de uma família de 03 irmãos e 05 irmãs, filho de Ezequiel do Espirito Santo e Edite Gonçalves do Espirito Santo (in memorian), nasceu em 06 de dezembro de 1952, em Belo Horizonte – MG e começou a escrever pra valer a partir de 1968, incentivado por seus primeiros pastores Salathiel Garcia (in memorian), e irmã Filó que vendo sua dificuldade com tantos papeis escritos e soltos, como uma verdadeira Mecenas tomou para si a responsabilidade de passar para um caderno, formando com aqueles versos simples que no futuro iriam encantar e abençoar tanta gente, a primeira coletânea do aprendiz de poeta. Por sua vez, ao ler e perceber o potencial dos primeiros rabiscos, o Pr Salathiel, músico que era, ensinou acordes importantes para aqueles versos que brotavam com tanta facilidade daquela mente ainda adolescente.
A primeira poesia, a primeira canção, o primeiro amor, as amizades, algumas que se foram para sempre deixando marcas, as brincadeiras, a audácia em trovar poeticamente com os Arautos de Cristo usando o pseudônimo do temível Seta Negra, o namoro, o casamento, os filhos, o pastorado, em fim, as experiências da vida foram amadurecendo aquela alma de poeta que ansiava por escrever, e assim versos e mais versos foram surgindo até chegar a uma pérola de grande valor - UM ANJO SEREI – que a cantora mineira Zilanda Valentin soube interpretar tão bem em 1972, tornando-se uma referência tão forte no meio cristão, que ainda hoje encanta os corações com sua mensagem simples, mas profunda, sobre a esperança daqueles que aguardam a redenção prometida.
Um dia, seu irmão, Jair do Espirito Santo, que hoje é pastor em Paranaguá, no Estado do Paraná, lhe disse: Porque você não escreve alguma coisa sobre a Cruz, sobre os sofrimentos de Jesus? Aquele incentivo foi tão importante que vários versos sobre o assunto começaram a surgir, e em abril de 1980, participando de uma série de conferência em Brasília com Zilanda Valentin, ao ficar em casa por causa de um resfriado, veio o diamante que iria coroar de vez a carreira do autor e poeta – CICATRIZES. Esta é a poesia que virou canção e se transformou a partir de 1984, na voz dos cantores Jorge Araújo e Eula Paula, num hino cantado em todos os cantos do Brasil e que até hoje enternece as almas que buscam consolo e calma na sua mensagem abençoadora.
Não tem como não tremer e temer diante d’Aquele que opera em nós todas as coisas, ao ler: SOB SUA GRAÇA, INTERIORES, CRISTAL, PROCISSÃO, PRESSÁGIOS, CRISOL e outras, do livro VERDADES - A Poesia Viva de Isaac do Espirito Santo. Aos 57 anos, pastor da Igreja Batista Fonte de Vida em Capanema/PA, este mineiro de Belo Horizonte, fica feliz em compreender e agradece a dádiva recebida: Escrever, poetar, musicar, ousar... Voar.

Poesias de ISAAC DO ESPIRITO SANTO

Título Data Com. Vis.
MEMÓRIAS 06/12/2009 0 1390
A Alma do Poeta 06/12/2009 0 99