Site de Poesias

Menu

ARMANDO A. C. GARCIA

Sou Poeta !

 

 

 

E poeta é qual vinho envelhecido
Em antigos tonéis de carvalho
Por alguns será bebido,
Por outros, só degustado !

 

São Paulo, 10/09/2009
Armando A. C. Garcia

Poesias de ARMANDO A. C. GARCIA

Título Data Com. Vis.
Feliz Natal 2016 28/11/2016 1 10
Desejos insatisfeitos 15/11/2016 0 25
Novos caminhos 15/11/2016 0 --
O tempo corrói o amor 14/11/2016 0 12
Foi um cheiro do céu 28/10/2016 0 50
Niilismo imanente 14/10/2016 0 17
A Primavera II - (replay) 26/09/2016 0 26
A PRIMAVERA 24/09/2016 0 30
Nas sombras lúgubres 21/09/2016 0 16
Se a alma inda consente 21/09/2016 0 13
Na nudez do destino 21/09/2016 0 21
De ver o corpo inerte, 14/09/2016 0 17
Comunicado 26/08/2016 3 43
A Santa de Vilar Chão - Portugal 04/08/2016 0 42
Amor cigano ! (soneto duplo) 31/07/2016 0 29
Cinzas ! ... 29/07/2016 1 33
...O desconhecido ! 23/07/2016 0 37
Determinados momentos 21/07/2016 1 36
O gênio da garrafa (infantil) 18/07/2016 1 32
Quem és tu ! 18/07/2016 0 27
  • Próxima página