Site de Poesias

Menu

ARMANDO A. C. GARCIA

Sou Poeta !

 

 

 

E poeta é qual vinho envelhecido
Em antigos tonéis de carvalho
Por alguns será bebido,
Por outros, só degustado !

 

São Paulo, 10/09/2009
Armando A. C. Garcia

Poesias de ARMANDO A. C. GARCIA

Título Data Com. Vis.
Eu e a Coruja ! 26/06/2016 0 --
Os indigentes ! 26/06/2016 0 --
Sem saber o que escrever 26/06/2016 0 --
O ido e o porvir 13/06/2016 1 32
A raposa e o galinheiro 11/06/2016 0 10
Amor; (soneto) 10/06/2016 0 --
A Ingratidão ! 07/06/2016 0 18
O estupro coletivo 28/05/2016 1 45
De alma triste 27/05/2016 0 14
Eu vejo ... 15/05/2016 2 61
Brasil ! teus filhos exigem mudanças 11/05/2016 1 37
Certo dia o Capitão 10/05/2016 1 23
COLETÂNEA DE POESIAS EM HOMENAGEM ÀS MÃES 08/05/2016 0 26
Transmutações 04/05/2016 1 29
Medo de perder-te 24/04/2016 0 51
...de um poeta 24/04/2016 0 26
Aquarelas destoadas 19/04/2016 1 38
Não há alegria maior 03/04/2016 0 65
O escultor do amor !... 03/04/2016 0 17
O povo que produz !... 01/04/2016 0 19
  • Próxima página