Site de Poesias


ARMANDO A. C. GARCIA

Sou Poeta !

 

 

 

E poeta é qual vinho envelhecido
Em antigos tonéis de carvalho
Por alguns será bebido,
Por outros, só degustado !

 

São Paulo, 10/09/2009
Armando A. C. Garcia

Poesias de ARMANDO A. C. GARCIA

Título Data Com. Vis.
A raiva, (soneto) 21/08/2015 1 28
A voz da consciência 20/08/2015 1 21
A fúria que o mar agita 16/08/2015 1 23
Queimei os sonhos, 15/08/2015 1 29
Ó confrade Benedito 12/08/2015 0 14
Que mais queres ó vida ! (soneto) 19/07/2015 2 52
Neste mundo de vaidades ! 19/07/2015 0 22
Sonetos de amor ! 18/07/2015 0 25
Erros de quem ama ! (soneto) 17/07/2015 0 21
O Marinheiro ! 17/07/2015 0 14
A terra onde nasci. - Miranda do Douro 17/07/2015 0 12
Nidificando... (soneto) 17/07/2015 0 11
O Melro ! (Infanto-juvenil) 12/07/2015 0 21
A dor ! 11/07/2015 1 19
Dei asas ao pensamento 05/07/2015 0 28
Irrealidade do real 05/07/2015 0 22
Brasil ! restou a esperança ... 04/07/2015 0 22
Caminhos... 02/07/2015 0 24
... Um pobre ornamento. 01/07/2015 0 11
Não tive tempo de te amar 18/06/2015 2 69