Site de Poesias

Menu

Vida louca,vida.

[Ilustração não carregada]

 

 Quando amamos alguém,seu carinho,seu cheiro,seu jeito,nunca iremos esquecer.

Sempre que fecho os olhos,lembro das tardes deliciosas que passava ao lado da minha vó.

Sua voz meiga que acalmava meu coração quando chorava por um machucado.

Seus abraços várias vezes me confortavam quando me sentia magoada no coração.

 Quando eu tampava meus ouvidos na tentativa de não escutar  meus pais brigando,ela me acalmava.

 

Mas a vida é tão cruel,tão vazia e tão amarga,que estou vendo você indo embora.

Fico na tentativa de arrancar a sua dor e pôr dentro de mim,mas isso é tão inútil como segurar  a água,que escorre entre meus dedos.

Sim.Eu sei.A morte existe.É a realidade.Mas não suporto a ideia de perder alguém que se ama.Não é justo.

 

''Eu te amo''.São palavras simples,não é?então,por quê nos custa tanto dizer isso para as pessoas?

Por quê temos esse medo de amar ?esse medo de se entregar aos sentimentos?

Por quê?

Eu queria ter dito mais ''eu te amo'' pra você.Queria ter te abraçado mais.

 

Não importa quantos anos passem,seu cuidado,seu sorriso,seu abraço,estarão sempre dentro de mim.

Quando me sentir triste,vou ler aquele capítulo da bíblia que você gosta.Esse mesmo: Salmo 91.

Essa vida,louca vida,é tão boa e ao mesmo tempo tão ruim.Mas vou te esperar.

Sim,no futuro,vou te abraçar de novo,sentir seu cheiro e dizer:

 

''EU TE AMO.''

 

 

 

 

Compartilhar
cristal
24/11/2013