Site de Poesias

Menu

O tempo passa.

[Ilustração não carregada]

Esvai-se pouco a pouco a vida,
De tão curta já choro o presente,
Dias e noites já são passados
O tempo passa enquanto falo.
 
Emudece-se minha voz, calo;
Mas não posso enganar meus olhos,
Findo minhas palavras, finjo viver,
Vejo o tempo passar a passos largos.
 
Meus momentos longos são parcos;
Não posso mensurar minha pena,
Nem tão pouco apertar o passo,
Nem sofrer menos do que sofro.
 
O tempo passa como um sopro,
Deveria ser mais longa esta curta vida,
Deveras viver muito mais do que falo,
Pois minha alma se moveria eterna.
 
Aprisionar o tempo numa caserna,
Sofrer a menor dor enquanto vivo,
Sem lagrimas a ofender os meus olhos,
Parar o tempo enquanto respiro e falo.
 
 
 J.A.Botacini.
23/04/2013
 
 

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
22/06/2013

  • 9 comentários
  • 281 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados