Site de Poesias

Menu

INCIDENTAL

Intencional

O café esfria

O cigarro apaga

O dia acaba

E a noite dorme

Enquanto lá fora

A lua desafora

Com tanto álcool, batons e corações...

A gente excede.

Dou-lhe minhas fantasias e obsessões

Condicional

E tu não cedes

Seus segredos, desejos e vergonhas

E eu imagino cenas bisonhas,

Brigas e guerras, telefones mudos e bombas.

Porém meu peito sai sem hematomas

E eu repito a dose

E piro outro cigarro

E poso pras que fazem pose

E nublo meu semblante

E me perco no horizonte

E te olho qual mutilado

E tudo é incidental.

Compartilhar
Praciano
31/05/2013

  • 2 comentários
  • 170 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados