Site de Poesias


O pulmão do planeta está doente...

















É preciso com metas planejadas
defender os recursos naturais
Fazer leis para os hortos florestais
e deter o avanço das queimadas
Só assim não veremos transformadas
as florestas em brasa totalmente
Nem um rio será daqui pra frente
uma estrada de pó sem correnteza
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

O sistema que é materialista
incentiva alcançar prosperidade
Mas que preço pagou a sociedade
com a sua ganância consumista?
O progresso no mundo capitalista
alterou todo meio-ambiente
Acabar o equilíbrio existente
é o fruto da nossa avareza
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

Deve o homem honrar a criação
que Deus só terminou no sexto dia
Mas o homem pela mesquinharia
só promove a total destruição
Deixa o ar cheio de poluição
Deixa a água com óleo poluente
Mas o lucro que era aparente
já se mostra uma perda com clareza
Vamos juntos salvar a natureza
o pulmão do planeta está doente

Mas o homem explora qualquer parte
do planeta conforme é seu plano
Já chegou lá no fundo do oceano
e pra lua levou seu estandarte
Qualquer dia dirão que ir a marte
já é uma proposta atraente
porque já não existe um continente
onde a ecologia esteja ilesa
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

É preciso em nosso dia-a-dia
entender que nem tudo é bem durável
e que hoje não é mais aceitável
que o planeta esmoreça em agonia
Pra salvarmos a nossa ecologia
basta uma atitude consciente
não deixando que hoje só aumente
a ganância que é sua freguesa
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

É apenas visando ações concretas
que devemos cobrar autoridades
Delegarem responsabilidades
são manobras bastante incorretas
Se o governo mudando suas metas
não buscar uma solução urgente
incidência de seca e de enchente
aumentando não causará surpresa
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

Mas o homem com a sua ganância
estudando um composto ou solução
colhe a flor pra vender a extração
inventando uma nova substância
E quem nunca sentiu sua fragância
só conhece a essência diferente
Se o aroma no frasco é permanente
o perfume da flor tem mais pureza
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

É preciso mudar essa cultura
de buscarem proveito imediato
Escassez de recursos é um fato
e sabemos da conclusão futura
Mas quem pode mudar a estrutura
é o governo omisso e conivente
negociando de forma competente
juntamente com a classe burguesa
Vamos juntos salvar a natureza
O pulmão do planeta está doente

Toda vez que se põe a explorar
é a vida que o homem subestima
transformando em sua matéria-prima
o que existe na terra, céu e mar
Sempre em nossas florestas vão brotar
vegetais de folhagem permanente
mas dá fúria do homem negligente
seus espinhos não servem pra defesa
Vamos juntos salvar a natureza
o pulmão do planeta está doente
















 

Compartilhar
Carlos Alê
03/05/2013