Site de Poesias


“EM BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO”

 “EM BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO”
Sou tolhida quando falo.
Fico sentida...
Quando eu me calo,
eu escrevo.
Ultimamente,
meus dedos estão cheios de calo...
 
 
Madalena.
17 de agosto 2012.

Compartilhar
Madalena
03/09/2012