Site de Poesias

Menu

NOITE DE CHUVA

Noite que chega

Cansada e fria

Me acaricia

Me envolve, me embala

E me faz dormir

Noite silenciosa

Chorona e chuvosa

De chuva fininha

Que batem nas telhas

Como canção de ninar

Noite de lua escondida

Com os olhos cobertos

Por um lenço de nuvem

Que lhe faz chorar

Noite escura e sem lua

Que sem soluçar chora

Se arrasta nas horas

Tentando ir embora

Sente falta do luar

Que as nuvens não deixa reluzir

Noite cansada e fria

Me acaricia

Me envolve, me embala

E me faz dormir.

Compartilhar
Marla da Matta
19/06/2012

  • 4 comentários
  • 510 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados