Site de Poesias


CORAÇÃO DE PEDRA

Sinto que a tristeza

me consome pouco a pouco

E a cada hora que passa

Sem você , é um martírio.

A morte em vida,

E não adianta pedir socorro.

 

Você levou minha alegria

E a tristeza retornou

ao meu corpo,

de tão corruído

se fez carcaça

Como de um ser morto.

 

E meu coração  já não bate tão rápido,

cansado, ele resiste ao tempo,

as mágoas fúnebres

De ter um amor

Que não se apaga no pensamento.

 

E eu , fico aqui, só na fossa

Como se você viesse

e resolvesse tudo como...

num passe de mágica

Que ficássemos bem

Mas só um anjo ...

Para amolecer seu coração de pedra. 

Compartilhar
Luzyeny Sintz
23/05/2012

  • 0 comentários
  • 54 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados