Site de Poesias


O ANJO E A SOMBRA

Quando o anjo chegou

coberto de branco,

E a sombra de uma mocinha , o viu,

Foi amor a primeira vista

Os dois já se conheciam...

eram duas almas antigas.

A sombra o desejava

E o anjo, ansioso, controlava-se.

Por ser algo tão forte que sentia.

E um encontro não comum

A magia assumiria

A sombra, decepcionada, se fez , cinza

E de tão brilhosa com o dia

A face da sombra, aparecia.

Suas vestes negras,

Caíam a cada olhar

daquele anjo de olhos castanhos...

A sombra se fez anjo

E os dois se entrelaçaram

O amor se fez eterno

Mas a sombra , ao seu muro, precisava retornar...

e o anjo, ao céu, não mais retornaria.

27/12/2006 

Compartilhar
Luzyeny Sintz
14/05/2012

  • 0 comentários
  • 28 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados