Site de Poesias

Menu

Isadora

  

 O meu olhar nao pode deixar

 De te ver, admirar

 Ainda que o fim fosse agora

 Seguiria buscandote Isadora!

 Fuiste o carinho que pedi e uma sensacional sensação

 Cada vida que viviste, sem se dar conta que no final

 Nem todo amor que pediste, recebiste como previa, imaginava ou esperava

 Protegiste nossa vida e ajudaste a outros más 

 Sua forma de viver, nao agradou perfeitamente

Indomável como uma fera e tendo o amor sempre presente

Escolhiste um final, que nem eu podia esperar

Possessiva, dependente, teimou até encontrar

 O fim da nossa história

 Esta que não conseguiste ocultar

 Nos amamos até agora

 Para juntos ao fim chegar

Compartilhar

A poesia Isadora foi inspirada num amor conflitivo mas ainda assim um amor, nao foi feito para uma mulher chamada Isadora, adotei as características do nome Isadora para estabelecer uma semelhanca entre esta situacao e este amor.

Alexandre Soares
26/04/2012