Site de Poesias


INSUBSTITUÍVEL

Tirar você de mim seria como arrancar o núcleo de minhas células, os elétrons de meus átomos, os músculos de meus ossos, os sentidos de meu corpo. Eu sei disso porque já tentei.

 
Meu corpo adoece longe de tuas mãos, minha alma se empobrece sem a tua presença.
 
Teu amor está em mim como o ar em meus pulmões, como a linfa em meu sangue.
 
Estar sem você é sair de casa. É ter que partir numa eterna busca de substituir o insubstituível. É viver caminhando para não chegar a lugar algum.
 
Estar com você é sentar-me frente a uma lareira no frio.
É tomar limonada fresca em tarde de verão.
É ver o mar. Subir montanhas. Sentir o sol.
Estar com você é redescobrir a vida.
Estar com você é chegar.
 
Você tem o poder de transformar o inverno em primavera.
A noite em dia.
O vazio em plenitude.
 
Te amo.

 
 
 
 

Compartilhar
HC
02/09/2011

  • 1 comentário
  • 641 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados