Site de Poesias


EU

Dentro de mim já moraram várias mulheres até chegar à maturidade plena...
armazenei bagagens durante anos...
deletei o que não me servia...
salvei em arquivos o que me era caro...
trabalhei... fui a luta...
perdi... conquistei...
sorri... chorei...
amei... fui amada...
desprezei... fui desprezada...
fui venal... fui integral...
fui casta... fui perdida...
fui pura ... fui bandida...
fui a bela... fui a fera...
fui constante... fui inconseqüente...
fui louca... fui sana...
fui amada... fui odiada...
fui responsável... fui infantil...
fui coração... fui razão...
fui romântica ... fui prática...
me dei... possui...
fui frágil...fui forte...
fui guerreira...fui covarde...
venci ... fui vencida...
fui confidente... confidenciei...
fui abstrata... fui literal...
encantei... fui encantada...
senti prazeres... dei prazeres...
menti... fui verdadeira...
casei... enviuvei...
casei de novo... separei...
tive filhos... os criei...
fui tudo... não fui nada...
e hoje sou a minha verdade...
sei o quero... porque quero... quando quero... e como quero...
E nesses tempos inclui...
editei... salvei... exclui... arquivei...
e dos erros fiz um aprendizado...
dos acertos um legado...
e posso dizer...
a vida me fez assim plena...
sem subterfúgios...
sem preconceitos...
sem medos...
sem rancores...
sem evasivas...
sem falso moralismo..
guerreira...
e sobre tudo verdadeira e leal...
me fez mulher madura
 
Verinha Fagundes

 

Compartilhar
Verinha Fagundes
27/08/2011

  • 0 comentários
  • 17 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados