Site de Poesias


Adolescência

Há no ar um teor de expectação,
Borbulhar de emoções imprevisíveis:
Vários níveis de amores... e desníveis...
Idas e vindas: jovem coração

Preso em mil barreiras intransponíveis.
Muitos amigos, rios de solidão,
Mal-entendidos, chances de perdão,
Prisões de orgulho e celas tão terríveis

Que libertar-se delas é sofrer!
Mas sofrimento também faz crescer...
E o orgulho sucumbindo à humildade

Cultivará nos outros a esperança
De que deixaste os erros de criança
E agora tens responsabilidade...

Compartilhar

Existe período mais confuso, mais complicado que a adolescência? Se existe, ainda não passei por ele!
A adolescência é tão crítica que até escrever sobre ela é muito difícil... São Paulo, SP

Ederson Peka
15/09/2004