Site de Poesias

Menu

Escolhas... ( eu sou, tu és, ele é )

[Ilustração não carregada]

Eu, para poder ser,

Não preciso do ser de ninguém

Sou um ser independente

Do ser de mais alguém...

 

Se o mundo inteiro for ruim

E bondade eu ver que ninguém tem

Só posso e vou lamentar muito

Mas vou optar pelo bem!...

 

Se o mundo inteiro for desesperançoso

Não serei sem esperança também

Pois para o que os outros pensam e dizem

Eu não preciso dizer amém!...

 

Se as minhas escolhas são minhas

Independentes, e de mais ninguém,

Quero, ao fazer minhas escolhas,

Optar sempre pelo bom, pelo bem...

Compartilhar

Eu escolho as minhas ações. Eu não tenho que ser mau porque o outro é mau, eu não tenho que ser egoísta porque o outro é egoísta! O que eu sou, eu escolho... e não dependo do que o outro é para ser! Eu sou, tu és, ele é o que quiser ser... e é bom sermos sempre "do bem"! Juiz de Fora, 17 de julho de 2011.

Mena Moreira
19/07/2011