Site de Poesias

Menu

Fuga da Realidade

[Ilustração não carregada]

                                                                          
Saio, fujo de mim, abandono os medos!
Se bem que nunca temi os recomeços...
Tenho apenas receio de estacionar a vida no meio,
por isso permito-me enlouquecer quando preciso,
emudecer sê necessário, 
às vezes dizer o que penso e acho...
 
Gosto de enfrentar bem perto os acasos,
tenho pressa de ser, nunca de estar.
Aprender é preciso, errar é humano
aceitar a vida é um exercício diário,
paciência vem com o tempo;  é um dom necessário...
 
Saio do mundo e volto p'ra dentro de mim quando preciso de ar;
a rotina, o relógio, essa adultoscência não me deixa respirar.
Então me permito viver alguns momentos anônimos,
e neles sou tudo aquilo que não posso ser o tempo inteiro:
Livre para sonhar! 
 
Anna Carvalho 
 
http://despertardocoracao.blogspot.com/

Compartilhar

http://despertardocoracao.blogspot.com/

Anna Carvalho
05/07/2011

  • 2 comentários
  • 157 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados