Site de Poesias


Casa da Gente!


Casa da Gente!
 

Lugar sem igual.                                 
Prazer de ficar.                                    
Sem ir,                                               
Só voltar.                                            
                                                         
Ai que sono,
Lugar do meu trono,                           
É bom ser rei!                                   
                                                          
Aqui é o começo.                               
Todo dia!                                           
Cheiro bom!
O melhor.
 
Aconchego!
Que bom!
Esticar as pernas,
Tirar a roupa.
Livre! Liberdade!
 
Palavra bela,
Aquarela!
Casa,
Comigo.
 
Cabelo bagunçado,
Barba por fazer.
Cozinha,
Fazer comida.
 
Do meu jeito.
Perfeito!
Alegria!
Sozinho,
Companhia!
Prazer!
 
Lugar de ler.
Bocejar!
Consigo estar,
A mão lavar!
 
Banho!
Humm! Frescor!
Minhas coisas!
Meus filhos,
Minha esposa.
 
Meu lugar!
Minha Casa!
Sono!
Faço o que quiser!
Vou dormir!
 

Compartilhar
Alexandre de Castro
06/06/2011

  • 0 comentários
  • 1522 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados
  • Tags: