Site de Poesias


A princesa do papai

 Quando você nasceu,

Conheci um novo amor.

Linda e reluzente,

Tão cheirosa como a flor. 

Um olhar que me alegra,

Um sorriso que me atrai.

A estrela mais bonita,

A princesa do papai. 

O teu pequeno abraço,

Aprisiona meu coração.

O teu beijo inocente,

É motivo de emoção. 

Esta é minha filha,

Razão do meu viver.

Larissa eu confesso,“ o papai ama você “. 

Como eu amo. Como eu amo você minha filha .

Quanto mais o tempo passa multiplica  alegria.

Você me surpreende sendo noite ou sendo dia.

És a grande alegria que invade o meu ser.

Larissa confessamos,“nós amamos você”.

Como eu amo, como eu amo você minha filha.

Compartilhar
Edinaldo
20/05/2010

  • 0 comentários
  • 118 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados