Site de Poesias


Lágrimas da saudades

Lágrimas da saudades

Lágrimas contidas...
Na dor do silencio.
Lágrimas reveladoras,
Dessa angustia oculta,
Que desnuda o meu silencio;
 
Lágrimas que escorrem
Molhando minha face,
Lavando a minha alma.
Aliviando essa ânsia adormecida,
Pela falta da esperança,
De quem sabe um dia...
Ou talvez amanhã;
Se liberte dessa angustia,
E novamente chore,
Pela alegria de te vê,
E não pela dor da saudade que a sufoca.
 
 
Leny Borges
16/04/2010
 
 

Compartilhar
Leny Borges
17/04/2010