Site de Poesias


CIDADE PEQUENA

 
Já em cidade bucólica
com a segurança subsidiada
olhando o octogenário sorrir
a morfina não é mais necessária
a três passos do inicio
não é possível ouvir os gritos
insultando o novo padre,
elogiando o velho demagogo,
como sempre foi o costume
e o rabecão sempre tem uma noticia
felicidade para uns
nem tanto para outros.
A historia termina naquele
Que sempre anuncia equivocado a própria morte
E ainda sorri.

Compartilhar
pedroh
10/02/2010

  • 0 comentários
  • 241 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados