Site de Poesias

Menu

Amor, paixão e fé

 Numa folha seca voando vejo o destino dos homens.
Nas árvores fortes e de raízes profundas a arrogância,
Que vencida pelo vento é atirada para qualquer lugar.
Nas construções fortes, sólidas, porém destruídas vejo a falência dos homens.

A beleza do campo com suas lindas flores
Vem o sol forte, com certeza admirador, mata-lhes com seu fervor
E então as belas flores murcham e caem sem beleza e vigor
O homem e sua glória sem o mesmo destino, caindo das passarelas.

Força tem a mulher bonita. Com seus seios redondos e pontiagudos...
Seus cabelos rigorosamente sedutores dançam em sua linda cabeça...
A cintura é um convite para as mãos dos homens mais santos...
Impossível não ficar com os olhos presos na maravilhosa e saliente região glútea...
As coxas roliças voluptuosas chamam os transeuntes para uma viagem sem fim...

Até os pés tem detalhes sedutores fazendo viajar o prisioneiro do prazer...
O olhar é fatal, hipnotizador, não há quem possar resistir depois de escolhido...
Sua voz estonteante, cheia de melodia, convence qualquer homem...
Misturando-se o seu perfume só há um fim para presa, o delicioso banquete do pecado!

Quem poderá fugir? Quem poderá esquecer? Quem deixará de repetir o ato?
A teia da paixão é milenar, muito bem construída, e a sua ferida é doce...
O fato é que esses cupins e essas traças destruíram-lhes a razão.
O que resta agora é saber quando irá acordar deste doce sonho ou dentador pesadelo.

Num olhar a vi passar, olhar simples e belo, sorrisos puros e conquistadores...
Suas roupas simples, mas como se fosse conto de fada, e seu andar....
Anda como uma menina despretensiosa, entretanto arrasta minha atenção e meu coração...
Seu corpo lindo... Uma melodia... Sensual... Mas suas roupas incapazes as escondias ...

Impossível meus olhos não verem o escondido, pois estavam mais claro do que o esplícito!
Como explicar que um menina simples, até mesmo careta, pudesse ser uma orquestra...
Não havendo fuga fui atraído e de lobo fui feito um menino do ensino fundamental.
O que falar? Como beijar? Depois de tanta experiência... Eu não sabia beijá-la...

Pedi para ser seu prisioneiro, para ser agraciado com prisão perpétua!
Implorei para conhecer seus pais! E por fim insisti em um namoro sério...
Agora, depois do escândalo em meu grupo, aprendi a grande diferença do amor...
Tudo, mas tudo mesmo, fluiu natural como o romper da primavera.

Naturalmente levado pela correnteza do rio sagrado adentrei ao santuário e a conheci...
Eu a conheci de forma esplêndida e sonhadora. Gozo, lágrimas, risos e exaustão...
Então entendi que existe uma canção especial para o sexo feito no ritmo do céu.
Amor tem tudo. Tem todos fogos da paixão. Tem carinho, tem contemplação...

A fé e o amor são um. Por isso tem gozo de alegria ao sentir a presença de Deus!
A fé faz chorar e rir, pular e rolar. Conduz você de forma excitada e apaixonada!
A fé faz enxergar a verdadeira beleza e te conduz ao conhecimento do fim de tudo.
A fé é a esperança viva em seu coração, por isso o seu amor nunca esfriará...

Compartilhar
JAIROLIVEIRA
06/11/2009