Site de Poesias


Umas e outras nove. Pensamentos.

Umas e outras nove. Pensamentos.

 
 
Viver momentos só de saudades
é como o zarpar de uma barca vazia,
um vento nos levará a deriva,
sem saber ao certo porque partimos,
ou onde vamos ancorar.
 
...Compreender os sentimentos alheios,
é compartilhar da dor em comum acordo
sem reivindicar um analgésico para aliviá-la...
 
Sempre que posso ti busco em pensamentos,
sei que nunca mais vou encontrá-la, porem,
já me basta saber que um dia você também pensou em mim.
 
...Saber dos outros sem saber de si mesmo
é expor o seu traseiro a um incomodo sacrifício... 
 
...Nenhum caminho ti levara á algum lugar
se você não tiver disposto a pisar em espinhos
ou a tropeçar em pedras...
 
...Não tenha medo de abortar um sonho,
principalmente se você sonhar acordado...
 
...Vejo o mundo
como uma “conta corrente”
de um Banco qualquer,
vou subtraindo meus dias
ate ficar sem saldo...
 
Hoje acordei
Com dor de barriga,
Dor na bexiga,
Dor de cotovelo.
Sentei-me na latrina,
Passei vaselina,
Doeu, doeu e não saiu.
(Raul Seixas e eu)
 
Ao meu mestre e (Guru) (Raul Seixas); sempre que posso
e me permitem faço humildes alusões á sua lendária passagem
por este mundo onde na é eterno porem, tudo se internaliza na poesia.

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
29/10/2009

  • 5 comentários
  • 753 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados