Site de Poesias


Sorriso

Sorriso

 
Pode começar disfarçado e lentamente,
Um nesga dissimulada e quase imperceptível.
Uma tentativa já quase sai, eu vejo.
Tem sorriso chegando, prevejo.
 
O sorriso provoca grandes movimentações
Nos músculos do rosto e nas feições.
Suaviza, embeleza e encanta,
Até ao mais sério homem, ele abranda.
 
Meio torto, linha reta ou curva acentuada,
Mostrando dentes espaçados, amarelados ou alvos,
Parecendo lábios de palhaço ou boca sensual,
Naturais ou com aparelhos, não importa, afinal.
 
De qualquer forma, o importante nessa hora
É que transpareça alegria ao sorrir,
Pois sorriso que não chega aos olhos,
Não tem qualquer razão de existir.
 
Sem brilho no olhar, um sorriso não tem valor,
Pois não transmite emoção e o calor,
Que deveria estar sendo liberado d' alma,
Diferente daquele liberado de qualquer forma.
 
De qualquer maneira um sorriso é encantador
E no rosto de toda pessoa demonstra esplendor.
Suaviza a expressão, conquista e dá beleza.
Quem se arrisca e tem retorno, comemora sua destreza.
 
Se é assim, sorria sempre que puder,
Para os filhos, os amigos, para sua mulher,
Para o vizinho, o parente ou o companheiro.
A qualquer tempo, sorria o tempo inteiro.

Compartilhar

A cada vez que vejo alguém sorrindo, sinto a força que existe nessa expressão.
O sorriso abre portas, contagia, ilumina.

A foto foi retirada das imagens do Google - desconheço a autoria.

Obrigada a todos que estão conhecendo meu trabalho.
Se comentar, será muito bom, pois poderei analisar a receptividade, além de poder proporcionar melhorias e amadurecimento na forma de escrever. Escrevi esta poesia em 14/02/09, lembrando-me das diversas expressoes manifestadas pelas criancas sorrindo...

Rosana Nobrega
19/08/2009